Não desperdice luz

      A iluminação é responsável por cerca de 20% do consumo total de energia de uma casa. Veja dicas para economizar.
  • Luz do sol
    Evite acender lâmpadas durante o dia. Abra bem as janelas, cortinas e persianas para aproveitar ao máximo a luz do sol.

  • Saiu, apagou
    Nunca esqueça de apagar as lâmpadas quando sair de um ambiente. Também não deixe todas as luzes da casa todas acessas quando sair.

  • Foco
    Prefira luzes dirigidas quando for ler ou fazer trabalhos manuais. Além de economizar, ajuda você a não forçar demais a vista.

  • Cor clara nas paredes
    Pinte o teto e as paredes de cores claras. Isso ajuda da reflexão da luz e diminui a necessidade de iluminação artificial.

  • Destaque
    A luz halógena, mais conhecida como dicróica, é tão econômica e durável como as fluorescentes. O ideal é você usá-la quando quiser iluminar algo (quatro, objeto de arte, bar) específico. Evite usá-las para iluminar um ambiente inteiro - ela aumenta a temperatura do lugar, fazendo com que você gaste energia com o uso de ventiladores, ar-condicionado e circuladores de ar.

  • Limpeza
    Mantenha as suas luminárias limpas, o acúmulo de pó impede a reflexão total da luz.

  • Luzes compatíveis
    Utilize somente lâmpadas de voltagem (volts) compatível com a voltagem da rede de sua casa. As lâmpadas de voltagem menor duram menos e queimam com mais facilidade. A voltagem das lâmpadas vêm impressas no bulbo.

  • Sensores
    Os dimers, sensores que diminuem e aumentam a potência das lâmpadas, controlam a luminosidade e dão conforto, mas não ajudam muito na economia de energia e podem fazer a lâmpada queimar com mais facilidade.

    As luzes com sensores de presença, aqueles que ligam e desligam sempre que alguém passa, só são indicados para locais de pouco movimento -- podem diminuir de 50 a 80% o consumo de energia.
 


Endereço: Rua Dos Crisântemos, 79
CEP 04049-020 -  Bairro Mirandópolis
São Paulo - SP
PABX:  55  11 5581-9533